quinta-feira, 27 de outubro de 2016

"The Magicians"

Boa tarde, galera!
Nosso assunto de hoje é a série "The Magicians", que estreou em janeiro pelo canal Syfy, e me chamou bastante atenção.


Pra começar, é uma série adaptada do livro de Lev Grossman, no Brasil publicado como "Os magos".

Conta a história de Quentin Coldwater, um jovem que está para entrar na faculdade, mas que tem depressão e nunca se sentiu parte da sociedade normal. No dia que ele deveria fazer a entrevista para a faculdade, ele acaba entrando sem saber como, na Universidade mágica (e secreta) de Brakebills para fazer um teste de aptidão e é aceito lá.
Com isso, ele percebe o porque de ter sempre sentido que não pertencia a nada, e o motivo de gostar tanto de ficção e magia. Ele faz de tudo para continuar dentro da universidade, mas é claro que sempre tem algo que irá atrapalhar essa chance de construir algo, em que ele acredita e que faz com que ele finalmente sinta que pertence à algum lugar.

Infelizmente eu não tive oportunidade de ler o livro antes da estreia da série, mas outro ponto que fez com que eu quisesse acompanhar, foi a comparação com a nossa amada série Harry Potter. E já que desde que consigo me lembrar gosto de ficção e magia, não perdi tempo em acompanhar.



Em sua primeira temporada, conta com 13 episódios que já estão sendo exibidos no Brasil pelo canal SyFy e foi renovada para sua segunda temporada até o momento (Outubro/2016) sem previsão de estreia.
Recomendo o site da série, que está cheio de coisas interessantes sobre o universo de The Magicians, além de disponibilizar os episódios (em inglês), e principalmente, há o site da faculdade de Brakebills, que nos imerge ainda mais nesse mundo.

http://www.brakebillsu.com/
http://www.syfy.com/themagicians

Bom galera, espero que tenham curtida a indicação de hoje.
Beijos e até a próxima!

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Instantes

Hoje não é indicação de músicas, livros ou séries. 
Escrevi esse texto, durante uma conversa sobre onde está a esperança no mundo, e pelo menos para mim, a esperança está nos pequenos detalhes que a vida nos dá, mas estamos ocupados demais para apreciar. Espero que gostem do texto, e que no dia que se segue, lembre-se de parar para apreciar a vida um pouco.


Vamos voltar no tempo.
Vamos nos perder novamente entre pequenos momentos,
Os momentos felizes em que, sorrindo um para outro, sem saber o motivo simplesmente estávamos felizes.
Felizes por estarmos juntos, por nos sentirmos vivos, por deixar a música fluir por todo o nosso ser.
Volte, até o momento que você se sentiu infinito.
Essa memória vive apenas em nós, mas é algo que para sempre carregaremos, como uma linda fotografia tirada no momento certo em nossas cabeças.
Pegue minha mão, o momento não irá voltar, mas a vida é muito longa e ao mesmo tempo muito curta para nos prendermos a um único instante que já se foi e nem percebemos.
Num ímpeto, vamos até a frente do palco, dançar, curtir a música, nos abraçar, nos perder novamente num instante, pois ele não irá se repetir.
E assim, dia após dia, apenas aproveitar os pequenos momentos da vida, que muito é, mas não damos a ela a devida atenção.


segunda-feira, 3 de outubro de 2016

O Senhor dos Ladrões

Boa tarde e bom início de mês para todos!
Para começar bem o mês, quero falar do livro "O Senhor dos Ladrões" da autora Cornelia Funke!

Resultado de imagem para o senhor dos ladrões livro
A história se passa em Veneza e tem como personagens principais Próspero e Bonifácio (Bo) que após a morte da mãe fugiram de sua tia Esther que queria separá-los, para ir até Veneza, lugar que sua mãe sempre amou.
Lá, conhecem Vespa, Riccio, Mosca e Scipio, o "Senhor dos Ladrões". Como todos são órfãos eles se escondem num antigo cinema desativado, o Stella, e sobrevivem de vender coisas roubadas para Barbarossa, dono de um antiquário.
Mas Esther consegue seguir a pista de Próspero e Bo até Veneza, e contrata Victor Getz, detetive particular, para encontrar as crianças que há semanas estavam em Veneza sozinhas.
Assim, após Próspero e Riccio venderem alguns objetos para Barbarossa, este os avisa que um cliente está procurando alguém para roubar um objeto e que será bem pago e diz a eles para avisar o Senhor dos Ladrões sobre o trabalho. Saindo da loja, Victor esbarra em Próspero que percebe que está sendo observado de modo estranho por aquele homem e decide fugir. Quando Riccio vê o rosto do homem ele se lembra que é o detetive que um tempo atrás estava perseguindo-o por ter roubado uma carteira.
Agora Victor tem certeza de que as crianças que está procurando estão em Veneza, e seu plano é esperar na praça de São Marcos que é um ponto onde todos passam pelo menos uma vez ao dia.
O cliente de Barbarossa quer se encontrar com o Senhor dos Ladrões dentro da Basílica de São Marcos e assim eles se dirigem até lá, o que faz com que Victor visse Próspero e Bo. O trabalho é para o Conde, e ele quer roubar uma asa de madeira, que está na casa de uma mulher chamada Ida Spavento.
Ele aceita o trabalho, e ao sair da Basílica, Próspero percebe que Bo está conversando com um estranho que ao percebe-lo dá um jeito de sumir na multidão. Infelizmente, Bo havia comentado com Victor que morava num cinema desativado junto com os amigos, o que deu chance ao detetive de encontrá-los.
Eles decidem realizar o roubo e entram na casa de Ida para procurar a asa, mas não esperavam que ela chegasse em casa e surpreendesse-os durante a busca. Ao saber o que ele queriam ela acaba contando uma história sobre a asa. Ela pertence ao leão do carrossel das Irmãs de Caridade, um orfanato na cidade, e diziam que o carrossel era mágico. Ele havia sido roubado do orfanato há muito tempo e durante o roubo a asa acabou quebrando e ficando no orfanato. Quando Ida a achou, uma das Irmãs contou para ela a história e lhe deu a asa. Curiosa para saber onde estava o restante do carrossel, ela permite que as crianças entreguem a asa para o Conde, mas ela iria junto e depois o seguiriam.

Bem, já entreguei alguns spoilers, mas assim fica mais fácil de entender a base da história! 

O livro foi adaptado em 2006, com Aaron Johnson (que estrelou Kick-Ass e interpretou Pietro Maximoff em Os Vingadores: Era de Ultron) Jasper Harris e Rollo Weeks, e tirando alguns detalhes e acréscimos é uma das adaptações mais fiéis que eu vi nos últimos tempos. Confere o trailer:
                                                                             
Cornelia escreve livros infanto-juvenil e um dos traços mais marcantes em sua obra, é a criação de personagens simples e ao mesmo tempo complexos. Retrata bem a inocência de uma criança perante ao mundo e o poder que as crianças tem de se adaptar as mais diversas situações. Além disso, "O Senhor dos Ladrões" tem um toque de magia/fantasia que complementa a história mas não desvia a atenção da ideia central do livro.

Enfim, é isso galera! 
Curta e compartilhe que ajuda bastante o blog a crescer!
Beijos e abraços a todos! :D

domingo, 4 de setembro de 2016

Brazucalidades

Boa tarde!

Então galera, uma das coisas que mais gosto de fazer é encontrar músicas diferentes, não importa se é rock ou se é uma música mais light, sempre tem música boa no YouTube da vida para se encontrar.
Essa é uma lista despretensiosa, só para mostrar a vocês que não é só de sertanejo e funk que o Brasil é feito.

Sem mais enrolação, vamos pra lista!!

O TERNO - Tic Tac


DINGO BELLS - Eu Vim Passear


PITANGA EM PÉ DE AMORA - Choro (Bate Boca)


DANI BLACK - Linha Tênue


MUSTACHE & OS APACHES - Sono


BANDA TEREZA - Pra Onde a Gente Vai


5PRASTANTAS - Eterno


TONI FERREIRA - Olha Só


MÓVEIS COLONIAIS DE ACAJU - A Menina Dança

Por hoje é isso! 
Espero que goste das indicações, curta e compartilhe com os amigos, vamos ajudar a espalhar outros estilos musicais pelo Brasil!
Beijos e até a próxima! :D

OBS: Ainda tem mais algumas músicas, então futuramente eu posto a segunda parte!


terça-feira, 30 de agosto de 2016

"O desafio de ferro"

Boa tarde!

Hoje vou falar de um dos melhores livros que li este ano. Se chama "O Desafio de Ferro" da série "Magisterium".


Há anos, durante o chamado "Massacre Gelado" Sarah Hunt foi morta, sem ter tido chance de se defender ou tentar salvar seu filho, Callum. 
Alastair Hunt, que estava no campo de batalha pronto para lutar contra "O Inimigo da Morte" apoiando a garota Makari, se depara com a chacina ocorrida naquela caverna: vários magos, idosos, mulheres e crianças mortos. Tudo o que Alastair consegue pensar é encontrar sua esposa e seu filho. Ele o encontra protegido nos braços do cunhado morto, com sua perna estraçalhada mas ainda vivo. Ele promete, aliviado, cuidar de Callum, mas seu alívio some quando vê que na parede de gelo, próximo ao corpo de sua esposa foi escrito com um punhal "Mate a criança".

Alastair faz de tudo para que seu filho se afaste da magia desde então. O ensinou a temer o poder que tem, e a pensar que todos os magos são maus.
Todas as crianças que tem potencial para magia são convocadas a passar pelo Desafio de Ferro da escola Magisterium, uma sequencia de testes, que de acordo com a nota no final, é selecionado para ser aprendiz de um dos magos e aprender a controlar seus poderes.
Como desde pequeno Call foi ensinado a temer e odiar a magia, ele faz de tudo para falhar nos exames e assim não entrar no Magisterium. Porém seu plano falha, e ele acaba sendo um dos escolhidos a aprendiz do Mestre Rufus.

Assim ele vai para a escola, que fica no subterrâneo, achando que a qualquer momento poderia ser morto, mas vê que várias outras crianças estão lá, e aparentemente não há perigo algum. Começa a ser aceito e a fazer amizades, principalmente com Tamara e Aaron os outros escolhidos pelo Mestre Rufus, coisa que nunca aconteceu em sua antiga escola. Ele começa a duvidar do que seu pai disse sobre os perigos que lá existem.
No Magisterium, todos os magos estão em busca do Makari, uma criança forte o suficiente para controlar todos os elementos, a única esperança de derrotar O Inimigo da Morte e conter os Dominados pelo Caos. A última Makari conhecida foi morta também durante o Massacre Gelado, e um Makari é extremamente raro. O perigo surge quando O Inimigo também está em busca do Makari, e espreita a escola procurando uma brecha para o ataque. Enquanto isso, a voz de Alastair continua na cabeça de Callum dizendo "fuja! Você não sabe quem é!"

"O FOGO QUER QUEIMAR.
A ÁGUA QUER FLUIR.
O AR QUER SE ERGUER.
A TERRA QUER UNIR.
O CAOS QUER DEVORAR."



Este é um ótimo livro, que une a imaginação de duas autoras fantásticas. 
Holly Black escreveu "As crônicas de Spiderwick", que tem até um filme com o Freddie Highmore no papel principal. E a Cassandra Clare criou o universo dos Caçadores de Sombras (séries "Os instrumentos mortais"; "As peças infernais", entre outros que futuramente vou falar sobre).
Apesar de alguns detalhes como o trio de amigos, uma escola de magia e um inimigo lembrar bem Harry Potter, o enredo é bem diferente, os magos não usam varinhas, nem precisam falar o encanto. A escola tem suas regras, um tanto rígidas, mas o principal objetivo é preparar os alunos para que eles possam dominar seus poderes e não se tornar uma ameaça para os outros.

Enfim, a leitura flui muito bem e é viciante, o design do livro é muito bacana também. O fim do livro nos dá algumas respostas, mas cria o gancho necessário para que nos deixe curiosos pela continuação que já está em venda e se chama "A luva de cobre". 
Pelo que sei a série terá cinco livros, repleto de magia e boas aventuras para acompanharmos.

Beijos para todos, não esqueça de curtir e compartilhar! 

sexta-feira, 29 de julho de 2016

"Supernatural - Nunca Mais"

Vamos abrir com uma resenha de uma das minhas coisas favoritas: Supernatural! \o/

Para os que conhecem a série Supernatural e são fãs como eu, sabem que existem alguns livros baseados na série.
Vou falar sobre Supernatural - Nunca Mais de Keith R. A. Decandido, publicado no Brasil pela editora Gryphus.


Bem, para aqueles que não conhecem a série, vou falar um pouco do início e de como conheceram Ash, para que faça mais sentido, já que no livro há citações de casos e personagens da série.

 Sam e Dean são irmãos que quando pequenos perdem sua mãe em um incêndio provocado por um demônio. A partir daí, seu pai John se torna um caçador para vingar sua esposa, e cria os meninos nessa vida.
22 anos depois, após o mesmo demônio matar a namorada de Sam, ele resolve voltar a caçar com Dean, que havia pedido ajuda para localizar o pai. Em uma de suas caças acabam indo para o Bar da Estrada, onde conhecem uma antiga amiga de seu pai Ellen Harvelle, sua filhe Jo, e um amigo delas Ash, que é um gênio (apesar de toda sua loucura).

Enfim, em Supernatural Nunca Mais, Ash é quem pede para Dean e Sam ajudarem um amigo dele que estava sendo assombrado.
Esse amigo - Manfred - mora em Nova Iorque, e sua casa é o paraíso para Dean. Manfred tem diversos vinis de rock clássico, principalmente os favoritos de Dean como Led Zeppelin, Pink Floyd, AC/DC e diversas bandas.
Para descobrir mais sobre a banshee que estava assombrando a casa, eles precisaram ir a um show da banda de Manfred, já que este tem uma péssima memória e não estava ajudando muito.
Apesar disso, ainda era um simples caso de encontrar os restos mortais, salgar e queimar. 
Acontece que enquanto estavam em NY, souberam de outro caso bizarro até para eles, e Sam logo nota que  era uma recriação de um conto do famoso escritor Edgar Allan Poe, e com a ajuda de um policial e um professor estudioso de Poe, acabam descobrindo que os crimes seguiam um ciclo para que ao final, Edgar Allan Poe fosse ressuscitado. 
Agora a missão deles é impedir que mais assassinatos ocorram, e para isso, precisam correr contra o tempo.

Bem, como não gosto de dar spoilers (mas já dei alguns haha), vou parar por aqui.
Agora, em minha opinião, como fã de Supernatural, é um ótimo livro que te coloca um pouco mais dentro do universo de Dean e Sam, ao lê-lo tive a sensação de estar presenciando um episódio extra da série, e isso por si já é ótimo.
O autor escreveu muito bem, explorando o relacionamento dos irmãos, e os elementos que fizeram os fãs se apaixonarem por Supernatural. Em vários pontos nos mostra o humor de Dean, o sarcasmo e rabugice de Sam, e apesar disso o modo como eles se apoiam.

Enfim, é um ótimo livro, principalmente para os fãs que como eu não perdem um episódio. E apesar de em alguns pontos coisas provenientes da série serem citados talvez levando quem não conhece a história a ficar meio perdido (mas ainda entendendo tudo o que está se passando), ainda é uma ótima leitura para quem (assim como eu) gosta de ficção, aventura e histórias de fantasmas.

E mais uma coisa, o título "Nunca mais" se refere ao poema de Edgar que se chama "O corvo" com tradução mais conhecida de Machado de Assis. Eis um trecho para quem quer conhecer um pouco a escrita de Poe.

  "[...] Vendo que o pássaro entendia
A pergunta que eu lhe fazia,
Fico atônito, embora a resposta que dera
Dificilmente lha entendera.
Na verdade, jamais homem há visto
Coisa na terra semelhante a isto:
Uma ave negra, friamente posta
Num busto, acima dos portais,
Ouvir uma pergunta a dizer em resposta
Que este é seu nome: 'Nunca Mais'. [...]"

Trecho 9, retirado do poema "O corvo", tradução de Machado de Assis, que está no site Jornal da Poesia.
http://www.jornaldepoesia.jor.br/poemachado.html   (Link para o poema completo)

É isso gente! Espero que gostem da resenha, e se gostarem, curtam e compartilhem!
Beijos e até a próxima! :D

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Renovando

Demos uma parada, mas estamos de volta! 

O blog Fuga N° 4 está aqui para falar sobre livros, séries e músicas, um pouco de tudo o que nós gostamos de fazer no tempo livre. Mas antes de começarmos os posts, vou re-apresentar quem escreve!

Meu nome é Thayná Diniz e tenho 18 anos, sou mineira, amo ler desde pequena, gosto muito de rock e séries (que depois serão temas dos quais vou falar). Estou cursando Hotelaria e pretendo viajar por vários cantos do Brasil e do mundo!

O Glauber Soares também vai escrever as vezes, somos amigos há alguns anos e só começamos a conversar por que  fomos com alguns conhecidos ver O Hobbit, e acabamos conversando sobre Harry Potter (hahaha)! O Glauber é o amigo com quem eu sempre falo sobre séries, livros e músicas. E é quem fica ansioso comigo esperando um episódio ou filme sair (apesar de quase nunca assistir as séries que recomendo, haha).

Enfim, isso é um pouco sobre a gente, espero que gostem dos posts futuros, e peço que curtam a página no facebook e compartilhem com os amigos!
Beijos e até a próxima! :D

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

"O desafio de ferro"

Boa tarde!

Hoje vou falar de um dos melhores livros que li este ano. Se chama "O Desafio de Ferro" da série "Magisterium".


Há anos, durante o chamado "Massacre Gelado" Sarah Hunt foi morta, sem ter tido chance de se defender ou tentar salvar seu filho, Callum. 
Alastair Hunt, que estava no campo de batalha pronto para lutar contra "O Inimigo da Morte" apoiando a garota Makari, se depara com a chacina ocorrida naquela caverna: vários magos, idosos, mulheres e crianças mortos. Tudo o que Alastair consegue pensar é encontrar sua esposa e seu filho. Ele o encontra protegido nos braços do cunhado morto, com sua perna estraçalhada mas ainda vivo. Ele promete, aliviado, cuidar de Callum, mas seu alívio some quando vê que na parede de gelo, próximo ao corpo de sua esposa foi escrito com um punhal "Mate a criança".

Alastair faz de tudo para que seu filho se afaste da magia desde então. O ensinou a temer o poder que tem, e a pensar que todos os magos são maus.
Todas as crianças que tem potencial para magia são convocadas a passar pelo Desafio de Ferro da escola Magisterium, uma sequencia de testes, que de acordo com a nota no final, é selecionado para ser aprendiz de um dos magos e aprender a controlar seus poderes.
Como desde pequeno Call foi ensinado a temer e odiar a magia, ele faz de tudo para falhar nos exames e assim não entrar no Magisterium. Porém seu plano falha, e ele acaba sendo um dos escolhidos a aprendiz do Mestre Rufus.

Assim ele vai para a escola, que fica no subterrâneo, achando que a qualquer momento poderia ser morto, mas vê que várias outras crianças estão lá, e aparentemente não há perigo algum. Começa a ser aceito e a fazer amizades, principalmente com Tamara e Aaron os outros escolhidos pelo Mestre Rufus, coisa que nunca aconteceu em sua antiga escola. Ele começa a duvidar do que seu pai disse sobre os perigos que lá existem.
No Magisterium, todos os magos estão em busca do Makari, uma criança forte o suficiente para controlar todos os elementos, a única esperança de derrotar O Inimigo da Morte e conter os Dominados pelo Caos. A última Makari conhecida foi morta também durante o Massacre Gelado, e um Makari é extremamente raro. O perigo surge quando O Inimigo também está em busca do Makari, e espreita a escola procurando uma brecha para o ataque. Enquanto isso, a voz de Alastair continua na cabeça de Callum dizendo "fuja! Você não sabe quem é!"

"O FOGO QUER QUEIMAR.
A ÁGUA QUER FLUIR.
O AR QUER SE ERGUER.
A TERRA QUER UNIR.
O CAOS QUER DEVORAR."



Este é um ótimo livro, que une a imaginação de duas autoras fantásticas. 
Holly Black escreveu "As crônicas de Spiderwick", que tem até um filme com o Freddie Highmore no papel principal. E a Cassandra Clare criou o universo dos Caçadores de Sombras (séries "Os instrumentos mortais"; "As peças infernais", entre outros que futuramente vou falar sobre).
Apesar de alguns detalhes como o trio de amigos, uma escola de magia e um inimigo lembrar bem Harry Potter, o enredo é bem diferente, os magos não usam varinhas, nem precisam falar o encanto. A escola tem suas regras, um tanto rígidas, mas o principal objetivo é preparar os alunos para que eles possam dominar seus poderes e não se tornar uma ameaça para os outros.

Enfim, a leitura flui muito bem e é viciante, o design do livro é muito bacana também. O fim do livro nos dá algumas respostas, mas cria o gancho necessário para que nos deixe curiosos pela continuação que já está em venda e se chama "A luva de cobre". 
Pelo que sei a série terá cinco livros, repleto de magia e boas aventuras para acompanharmos.

Beijos para todos, não esqueça de curtir e compartilhar!